15942158_10210938666318931_1853136747_n
Arte

Processo criativo

Oláris, belezuras. Como está sendo esse comecinho de ano? Por aqui anda bem intenso. Iniciei meus dias na praia. Teve festão em casa para comemorar o aniversário do Leandris, evento da Pantene com minha baby Dani do Mimimi e Fofurices e mal começou o mês, né?

Sempre fui uma pessoa de querer mil coisas ao mesmo tempo. Elaborar mil projetos, começar a planejar mas não dar conta de tudo. O blog foi um deles. Talvez o primeiro que eu realmente consegui realizar, de fato. E ei, esse domingo fez UM ANO! Queria muito ter feito algo especial mas não tive tempo. Ainda quero. Quem sabe, mais pra frente, né?

Enfim, sempre busquei coisas que me inspirassem. Me fizessem querer sempre criar algo, descobrir nossos jeitos de se ver a vida. Seja em diálogos, estampas, azulejos ou momentos. Seja para escrever um texto reflexivo, desenhar um sentimento, criar conteúdo, fotografar um ângulo ou criar uma marca.

FotorCreated

Onde quero chegar com isso? Que talvez, para se escrever um texto, não seja necessário você buscar inspirações em outros textos. Você pode se encontrar numa cena de um filme qualquer, numa conversa de bar ou num quote perdido na internet. Encontrar referências para uma fotografia, não precisa necessariamente ser de outra fotografia, mas também de uma pintura, de um rabisco ou de uma letra de música. Criar vem do além, pode ser qualquer coisa. Sabemos bem que nada mais é original. E existe uma imensa diferença entre cópia e inspiração. Temos que saber usar uma referência e adaptá-la para o nosso criar. Transformar algo com uma pitada de quem somos e o que queremos passar. Além de termos que olhar com atenção ao nosso redor, também temos que olhar pra dentro de nós mesmos. Nossa própria bagagem e história. Os caminhos trilhados, as experiências adquiridas. E daí, descobriremos nosso próprio jardim de inspiração. Então sim, precisamos sair do óbvio. Além de pesquisar “textos de amor” para escrever os seus, busque assistir filmes inusitados. Busque reparar em cenas cotidianas. Converse mais. Conheça mais pessoas. Conheça você.

tumblr_o6h6zeoBdI1uzm5eko1_r2_540

01

02

03

Vale pinterest? Vale! Vale tumblr? Vale! Vale uma tarde na calçada, esperando o sol de pôr? Demais! Se permita buscar no não óbvio. No vazio. Na multidão. No preto e branco. Vamo colocar pra fora quem somos e enfeitar esse mundão <3

{infos} Não encontrei os devidos créditos, então caso saibam dos autores de alguma foto, me avisem.

Ingrid Brandão

Sereia. Cigana. 24, do Ceará, de SP e do mundo. Bagageira de emoções. Um desastre. Amante de musica boa, filme chororô e lugares desconhecidos. Amante do amor. Todo tipo de amor. Vamos nos amar.

4 comentários em “Processo criativo

  1. que imagens maravilhosas que selecionou, pena não saber a fonte original :/ mas enfim, adorei o post! eu tb acredito que a inspiração está em tudo, a gente não deve fechar os olhos pras coisas, mesmo que não estejam necessariamente dentro da nossa área de criação. como é o meu caso com a fotografia, onde as ideias pras fotos saem de tudo (de outras fotos, de filmes, seriados, natureza, música… enfim…) ❤

    1. Ei, sou APAIXONADA pelo teu blog! Que delícia, te ver por aqui <3
      E sim, procurei todas com muito carinho, pra poder transmitir um pouco do que eu queria passar, no geral. E uma pena não ver mais dos artistas que fizeram, pq ne :( Simmmm, fotografia é praticamente outro mundo que podemos criar! Também amo demais.
      Que esse ano seja cheeeeeeio de inspirações pra nós <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *